fbpx

Como passar Driclor sem ardência e coceira?

A hiperidrose é uma condição de origem genética, de doença ou emocional, na qual causa um suor excessivo em algumas regiões do corpo humano, quando os afetados transpiram mesmo em baixas temperaturas e em repouso.

Sendo assim, é diferente do suor usual. Esse acontece também em condições normais.

Apesar de praticamente comum, o suor excessivo pode desencadear algumas adversidades como inseguranças, estresse, ansiedade e constrangimento.

Isso decorrente também do mau cheiro que a transpiração pode gerar.

Porém, existem algumas maneiras de lidar com isso, com remédios tópicos, procedimentos mais invasivos…

E você vai descobrir mais aqui nesse artigo. Continue lendo!

Veja também: Top 4 melhores antitranspirantes para combater a hiperidrose !

Você já conhece o Driclor?

O Driclor é um antitranspirante muito querido em todo o mundo.

Produzido no Reino Unido, esse produto é recomendado para o tratamento de hiperidrose em todas as áreas do corpo.

Axilas, pés, mãos, enfim, em todas as áreas em que você possui suor excessivo, você pode aplicar o Driclor.

Em sua fórmula encontramos: 20% de alumínio, álcool e água purificada. Os componentes essenciais para combater o suor excessivo.

Ele é realmente muito eficiente contra a hiperidrose! Pode até mesmo acabar de vez com a transpiração.

Apesar de parecer milagroso, o Driclor possui contraindicações em casos de alergias e pode causar alguns efeitos colaterais.

Alguns desses efeitos podem ser, principalmente: ardência e coceira.

Sim, o driclor arde!

Mas, apesar de desagradáveis, esses efeitos podem ser diminuídos, revertidos até mesmo evitados se tomar os cuidados necessários.

Pensando nisso, o ideal é sempre seguir as orientações sugeridas e ter acompanhamento médico especializado.

Ficou interessado(a)? Acompanhe esse artigo para saber mais!

Veja também: Driclor manipulado – Onde comprar

Como passar Driclor sem ardência e coceira?

A melhor forma de usar o Driclor é começar deixando o produto na sua cabeceira, para não deixar de passar de forma nenhuma e sempre aplicar antes de dormir.

Mas por que eu tenho que passar antes de dormir?

A resposta é simples, se você ficar acordado enquanto está com o produto, isso vai te deixar ansioso e vai causar a temida coceira na região.

Por isso, separamos algumas dicas para você não passar por incômodos de principiantes.

Confira como aplicar corretamente o Driclor:

1º passo: tomar banho e esperar pelo menos 1 hora. Não passar desodorante.

2º passo: hora de dormir.

3º passo: antes de aplicar o produto, seque com um pedaço de papel. Fazendo assim, uma pré-secagem para garantir que sua pele vai estar seca e não vai pinicar.

4º passo: você pode agitar ou não o seu roll-on driclor.

5º passo: carimbe bem no centro da axila ou da região necessária.

Outros cuidados são: não depile a região no dia da aplicação, apenas 3 dias antes ou durante a pausa;

No dia seguinte da aplicação, lave a região assim que acordar. Não pode deixar o Driclor no corpo.

Durante o dia você pode usar o seu desodorante habitual após o banho.

Dessa forma, você provavelmente não vai ter mais irritações.

Você vai repetir esse processo durante 7 até 10 dias no máximo. Após esse tempo, dê uma pausa.

Essa pausa vai servir para você perceber quando você vai voltar a transpirar em excesso, assim você repete o processo com a frequência necessária analisada.

A tendência é que, com o passar do tempo, você precise usar cada vez menos o Driclor.

Simples, não acha?! Pode aparentar, mas não é nenhum bicho de sete cabeças. Você acaba criando uma rotina e tudo fica mais fácil.

Por fim, não descarte o Driclor como o seu “salvador”, pois ele pode sim mudar a sua vida, mas atente-se sempre para os cuidados e precauções, levando em conta as reações que podem aparecer.

Agora você já sabe como usar o Driclor sem arder, sem coçar.

Pronto(a) para viver livre da hiperidrose, longe de constrangimentos e estresse?

E aí, você já testou o Driclor? O que achou do nosso artigo?

Você tem problema de hiperidrose? Conta para a gente aqui nos comentários!

Post A Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *