fbpx

Confira 20 alimentos que aumentam a transpiração

A hiperidrose é um problema que afeta milhares de brasileiros todos os anos. Mais do que os constrangimentos e incômodos causados pelo suor excessivo, a hiperidrose muitas vezes significa uma busca interminável pelo tratamento adequado.

Desde cirurgias até dermocosméticos, hoje a medicina e a farmácia contam com diversos tratamentos diferentes contra a transpiração excessiva.

Porém, infelizmente esses tratamentos nem sempre são o suficiente para acabar com a hiperidrose.

Muitas pessoas acabam apostando tudo nesses tratamentos mais diretos e acabam negligenciando outros cuidados que as pessoas com a hiperidrose precisam ter se desejam controlar o suor excessivo, incluindo os cuidados com a alimentação.

Você sabia que sua dieta influencia diretamente na quantidade de transpiração que você produz.

Existem alimentos que podem potencializar sua produção de suor e é sobre eles que vamos falar hoje.

Ficou curioso(a) para conhecer 20 alimentos que aumentam a sudorese? Então é continuar a leitura!

20 alimentam que aumentam a sudorese

No geral, alimentos com baixo teor de fibras forçam seu sistema digestivo a trabalhar horas extras para quebrar seus alimentos.

Além disso, uma dieta rica em sódio significa que seu corpo irá desintoxicar todo o sal na forma de excesso de urina e suor.

Comer alimentos com alto teor de gordura faz com que seu interior aqueça à medida que seu corpo processa a gordura.

Sendo assim, se você sofre com a hiperidrose, é importante evitar esses tipos de alimentos.

Confira agora nossa lista de alimentos que você deve evitar caso queira controlar o suor excessivo:

  1. Alimentos processados

Imagem: Unsplash/Blake Guidry

Os processados (ou industrializados) são basicamente alimentos in natura comercialmente preparados principalmente com ingredientes como açúcar, sal, óleo e vinagre para que fiquem mais atraentes aos olhos do consumidor.

Essa adição é prejudicial por inúmeros fatores. Aumenta as chances de se desenvolver diabetes, pressão alta e até um AVC. E, como se isso não fosse o suficiente, os processados ainda aumentam a sudorese pois são ricos em gordura e sódio.

  1. Bebida alcoólica

    Imagem: Unsplash/Radovan

O álcool afeta diretamente o sistema nervoso, interferindo na capacidade do organismo regular a temperatura corporal. Sendo assim, ao ingerir bebidas alcoólicas você acaba ficando mais sensível às temperaturas mais elevadas.

  1. Alho

Imagem: Unsplash/Team Voyas

O alho é um ingrediente fundamental na culinária em qualquer canto do mundo, mas infelizmente pessoas com hiperidrose devem evita-lo, pois se trata de um alimento termogênico.

Assim como o café e o chá verde, o alho acelera o metabolismo e a produção de hormônios, incluindo a adrenalina. Sendo assim, o resultado é uma maior quantidade de transpiração.

  1. Gordura

Imagem: Unsplash/Thomas Park

Como já citamos anteriormente, ingerir alimentos muito gordurosos (principalmente aqueles com gordura ruim, conhecida como LDL) faz com que seu corpo produza mais suor.

A gordura é um lipídio bem chato de ser processado pelo organismo, o que obriga seu corpo a trabalhar mais, resultando numa maior produção de suor.

  1. Comidas picantes

Imagem: Unsplash/Miguel Andrade

A pimenta, assim como qualquer outro alimento afrodisíaco, age na circulação sanguínea e aquece o corpo.

Basicamente, comer pimenta tem os mesmos efeitos colaterais de uma relação sexual – aumento dos batimentos cardíacos, circulação sanguínea e, consequentemente, aumento da produção de suor.

  1. Sorvete

Imagem: Unsplash/Lama Roscu

Meio irônico, não? Na teoria o sorvete pode refrescar e ser uma ótima pedida para o verão, mas na prática o buraco é mais embaixo.

Por se tratar de um alimento muito gorduroso, sua digestão acaba sendo mais lenta, o que aumenta a transpiração.

  1. Refrigerantes

Imagem: Unsplash/Alexandra Nosova

O principal ingrediente de 100% dos refrigerantes comuns é o açúcar. Essa substância viciante pode ser muito prejudicial a saúde, aumentando o risco de diabetes, mas esse não é seu único malefício.

O açúcar também retarda os processos de digestão, assim como o sorvete e as gorduras em geral. Isso resulta numa maior produção de suor.

  1. Sal

Imagem: Unsplash/Jason Tuinstra

Ah, o sal… Todo mundo sabe como é terrível comer comida sem gosto, ou melhor dizendo, sem sal.

Mas você sabia que nós somos responsáveis por acostumar nosso paladar? Isso significa que ir diminuindo a quantidade de sal com o tempo será muito benéfico para a sua saúde e não irá te causar tanto estranhamento.

Com o tempo você estará ingerindo muito menos sódio e, consequentemente, sua transpiração excessiva diminuirá bastante.

  1. Proteína magra

Imagem: Unsplash/Caroline Attwood

De acordo com a Vanderbilt University, o suor devido ao alto consumo de proteínas faz com que o corpo elimine a uréia. A substância é formada durante a degradação de proteínas no organismo, fazendo com que seu corpo sue mais do que o normal.

Peru, frango e peixe são as maiores fontes de proteína magra, pois se desenvolvem naturalmente com menos gordura do que carnes vermelhas.

A pesquisa mostrou que a proteína auxilia no aumento da taxa metabólica porque, assim como a fibra, é menos facilmente digerida e, portanto, queima mais energia para digerir, o que leva à sudorese.

  1. Chocolate

Imagem: Unsplash/Nathan Dumlao

O chocolate pode influenciar a produção de suor de duas maneiras. Primeiro, assim como o café, o chocolate mexe com a temperatura corporal, às vezes resultando na transpiração excessiva.

Além disso, o chocolate é um alimento bastante rico em açúcar e abusar dele pode levar a uma hipoglicemia reativa, que é quando os níveis de açúcar no sangue sobem mais do que o normal.

Nesse caso, a produção de insulina aumenta e ela é liberada na corrente sanguínea para que os níveis de açúcar possam ser diminuídos. Isso resulta no aumento da produção de suor.

  1. Curry

Imagem: Unsplash/Andy Hay

O curry é um tempero delicioso e tem o poder de deixar qualquer prato parecendo de chef, mas infelizmente age acelerando o metabolismo, o que resulta na produção de suor.

  1. Gengibre

Imagem: Unsplash/Lawrence Aritao

O gengibre é ótimo para impedir a formação de gases e pode ser ingerido até por gestantes, mas também faz com que o organismo trabalhe mais rapidamente, e isso quase sempre resulta numa transpiração excessiva.

  1. Cúrcuma

Imagem: Unsplash/Tamanna Rumee

A cúrcuma, também conhecida como açafrão-da-terra, é ótima para a imunidade e possui propriedades anti-inflamatórias. Mas, infelizmente, as pessoas com hiperidrose podem querer evita-la, pois ela também acelera o metabolismo, assim resultando numa maior produção de suor.

  1. Mostarda

Imagem: Unsplash/Pedro Durigan

A mostarda faz parte da tríade de molhos mais usados no Brasil (e talvez no mundo) – ketchup, maionese e mostarda. Apesar disso, esse é um alimento termogênico, ou seja, acelera o metabolismo e pode aumentar a sudorese.

  1. Canela

Imagem: Unsplash/Mae Mu

Adivinha só? Pois é, a canela também é um alimento termogênico que acelera o metabolismo. Sendo assim, os portadores de hiperidrose devem optar por substituir esses ingredientes por outros como noz-moscada.

  1. Leite com alto teor de gordura

Imagem: Unsplash/Eiliv Sonas Aceron

Se você consumiu leite com alto teor de gordura, provavelmente notou que transpira enquanto o bebe.

Como já dissemos anteriormente, os alimentos ricos em gordura farão você suar.

Para evitar transpirar em sua tigela de cereal matinal ou no seu café com leite, mude para leite desnatado ou semidesnatado.

  1. Comidas quentes demais

Imagem: Unsplash/Dana Devolk

Bom, isso pode parecer óbvio, mas muitas pessoas ainda insistem em tomar bebidas e comidas, como sopas, extremamente quentes. E para piorar, muitos ainda fazem isso durante dias de verão.

Consequentemente seu corpo irá reagir às altas temperaturas, por isso opte por alimentos menos quentes, principalmente durante os dias que você já sua naturalmente.

  1. Carne vermelha

Imagem: Unsplash/Jose Ignacio Pompe

A carne vermelha é um dos alimentos com a ingestão mais demorada e complexa de todos. O estômago precisa do dobro de acido que usa para ingerir um pão e, dependendo da pessoa, um bife de tamanho médio pode demorar cerca de três horas e meia para ser completamente digerido.

Esse processo acaba exigindo muito do organismo e do metabolismo, o que resulta numa maior produção de sudorese.

  1. Cebola

Imagem: Unsplash/K8

A cebola é a melhor amiga do alho e também está em praticamente todas as cozinhas do mundo.

Esse alimento é muito usado para refogar alimentos, mas deve ser evitado por aqueles que sofrem com a transpiração excessiva.

Além de aumentar a bromidrose, pois se trata de um alimento com cheiro muito forte, a cebola ainda acelera o metabolismo, assim aumentando a produção de sudorese.

  1. Café

Imagem: Unsplash/Nathan Dumlao

A cafeína é um estimulante. Ela ativa o sistema nervoso central, aumenta a frequência cardíaca, aumenta a pressão arterial e ativa as glândulas sudoríparas.

Mais energia, não surpreendentemente, pode levar a mais suor. Sendo assim, se você é um bebedor de café, é uma dose dupla de problemas.

E aí, o que achou dessa seleção de alimentos que nós fizemos especialmente para você?

Se você sofre com a hiperidrose, é importante evita-los e nunca abusar deles!

Post A Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *