fbpx

Hiperidrose em crianças é possível? Como tratar?

Você tem reparado que seu filho sua demais? Ao contrário de crianças mais velhas e adolescentes, a sudorese excessiva em crianças menores não é comum e às vezes pode ser sinal de um problema subjacente.

Se está interessado em aprender mais sobre a hiperidrose infantil, continue lendo este artigo que preparamos pra você.

Tipos de transpiração excessiva

Existem dois tipos diferentes de hiperidrose.

  • Sudorese excessiva generalizada: ocorre em todo o corpo e pode fazer com que as roupas fiquem encharcadas.
  • Sudorese excessiva local: pode ocorrer em apenas uma região, como nas axilas, ou apenas no rosto e pescoço.

O excesso de suor também pode ser dividido de forma semelhante por causa.

  • A hiperidrose primária refere-se a uma condição em que há suor apenas nas axilas, palmas das mãos e pés, e afeta entre um e três por cento da população.
  • A hiperidrose secundária refere-se à sudorese excessiva que geralmente é generalizada e é causada por uma condição médica subjacente, como um distúrbio da tireoide.

Causas

As possíveis causas da transpiração excessiva em crianças pequenas variam do normal ao grave.

Uma causa comum e fácil de tratar para a transpiração excessiva é enrolar demais ou vestir demais o filho ou manter a casa muito quente.

Em geral, os bebês devem se vestir de maneira semelhante aos adultos em casa, mas muitos pais envolvem seus filhos com muito mais roupas do que o necessário.

Outras causas “normais” de hiperidrose incluem ansiedade, febre ou atividade física. Com uma criança pequena, entretanto, você provavelmente está familiarizado com a quantidade de suor que é “típica” quando ela está realizando alguma atividade física.

Algumas das causas mais sérias de suor excessivo em crianças pequenas incluem:

Infecções

Qualquer tipo de infecção, seja leve ou grave, pode levar ao excesso de suor. Às vezes, infecções de baixo grau ou “latentes”, como a tuberculose, podem ter apenas suor como sintoma.

Hipertireoidismo

O hipertireoidismo pode causar sudorese excessiva e essa sudorese pode ser o único sintoma. Com hipertireoidismo, seu filho também pode apresentar perda de peso, taquicardia e ansiedade.

Diabetes

A transpiração excessiva pode ser um sintoma de diabetes. Uma criança com diabetes também pode apresentar aumento da sede, aumento da micção e perda de peso. Seu suor pode ter um odor que cheira à acetona (removedor de esmalte de unha).

Hipertensão

Pressão alta em crianças pode aparecer através do suor excessivo.

Insuficiência cardíaca congestiva

Bebês com insuficiência cardíaca congestiva geralmente apresentam outros sintomas além da transpiração excessiva. Eles podem se cansar facilmente com as mamadas, ter uma taxa respiratória rápida, tossir com frequência e ter baixo ganho de peso.

Medicamentos controlados

Alguns medicamentos controlados podem causar sudorese generalizada.

Sintomas

A transpiração excessiva em pré-adolescentes e adolescentes é bastante comum. Essas crianças costumam ter as mãos e os pés suados, axilas suadas e/ou suor facial excessivo.

Em contraste, a transpiração excessiva em crianças pequenas não é muito comum e às vezes pode ser um sintoma de uma condição médica latente.

Você pode notar o suor no rosto e nos braços de seu filho enquanto ele está em um ambiente confortável ou em repouso ou, em vez disso, pode notar que seu filho transpira e encharca as roupas.

Certamente, esse tipo de suor é normal se o calor e a umidade em sua casa forem altos. As crianças não são apenas pequenos adultos, mas muitas vezes você pode ter uma ideia se seu filho deve ou não suar com base no fato de você estar suando ou não.

Se seu filho possui menos de 10 anos e parece suar muito, é importante marcar uma consulta com o pediatra.

Diagnóstico

O excesso de suor não significa necessariamente que seu filho tem uma condição médica séria, mas se você nota que ele(a) sua excessivamente com frequência e sem nenhuma razão aparente, é importante consultar o pediatra.

Muitas crianças que apresentam sudorese excessiva são consideradas saudáveis depois de exames de rotina, mas como a hiperidrose pode ser um sintoma precoce de várias doenças, é melhor fazer um check-out.

O primeiro passo para avaliar a sudorese excessiva é observar o crescimento e o desenvolvimento de seu filho.

Mesmo que a criança esteja crescendo em um ritmo normal, ganhando peso e atingindo marcos de desenvolvimento, uma avaliação adicional é geralmente recomendada se seu bebê ou criança pequena estiver suando muito.

Seu pediatra examinará cuidadosamente seu filho e provavelmente fará alguns exames de sangue.

Tratamento

Quando uma criança tem hiperidrose generalizada, a abordagem é encontrar e tratar a causa subjacente da sudorese, em vez de tratar a sudorese (o sintoma) em si.

Para crianças com hiperidrose localizada, há uma série de opções que vão desde preparações tópicas a medicamentos anticolinérgicos e procedimentos como iontoforese e aplicação de botox.

Para pré-adolescentes e adolescentes, os tratamentos podem ajudar com pés suados e o consequente mau cheiro (bromidrose)

Post A Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *