fbpx

Iontoforese – Tratamento contra suor caseiro

A iontoforese é um tratamento pouco falado para tratar o excesso de suor, principalmente nas mãos e nos pés. Embora seja usado no tratamento contra hiperidrose desde 1940, somente agora vem se popularizando no Brasil.

No exterior, a iontoforese é muito indicada para pessoas que já experimentaram vários tipos de tratamentos, desodorantes e remédios, mas não tiveram o resultado esperado. Nesses casos mais graves, a iontoforese é indicada.

O que é a iontoforese?

A iontoforese é um aparelho médico usado para transmitir uma corrente elétrica leve pela água. Geralmente são usados bandejas com água ou almofadas para passar essa corrente elétrica na superfície da pele.

Ela é bastante segura. Não há efeitos colaterais ou riscos graves para saúde, desde que seja feita da maneira correta.

Iontoforese funciona mesmo?

Essa é a pergunta de muitas pessoas que sofrem com transpiração excessiva. Como sempre estão em busca de soluções, não é incomum surgir essas dúvidas e fiquem desacreditados.

Foi realizado um estudo (1) clínico em pacientes com hiperidrose palmar e plantar, ou seja, mãos e pés, respectivamente. Fora selecionadas 26 pessoas tratadas com iontoterapia no período de um ano.

Dentre as 27 pessoas, 24 pessoas tiveram um bom resultado, mas foi necessário uma manutenção a cada 3-4 semanas.

Todo procedimento foi acompanhado por médicos no Hospital Militar Meerut Cantt. Utilizaram um aparelho com corrente contínua, voltímetro, amperímetro e duas placas metálicas como eletrodos.

Nenhum dos pacientes tinham cortes ou lesões nas mãos ou pés. Foi recomendado a retirada de pulseiras e anéis. As mãos ou pés ficaram dentro de uma bandeja cobertos de água com o aparelho ligado. No primeiro tratamento, utilizaram uma média de 5-10 amperes durante 10 minutos. Cerca de 14 pessoas, notaram uma melhora significativa após 4 semanas de tratamento.

Nenhum paciente relatou hiperidrose compensatória em outras partes do corpo. Nenhum efeito colateral grave foi relatado. Apenas sete pessoas relataram a pele ressecada. Pessoas grávidas, com problemas cardíacos ou respiratórios não são indicadas para o tratamento.

Como fazer a iontoforese em casa?

Todo o procedimento deve ser acompanhado por um médico, mas infelizmente no Brasil, a maioria absoluta deles não conhecem a iontoforese para tratar a hiperidrose.

Seguindo orientações de alguns artigos e estudos clínicos, o paciente deve deixar as mãos e/ou pés por um período de 15-40 minutos. O ideal é usar uma bandeja rasa com água.

Quantas vezes?

O ideal é repetir o procedimento três vezes por semana até que os resultados comecem a surgir. Após obter o resultado desejado, o paciente passa fazer a manutenção uma vez por semana.

Com tempo a manutenção vai aumentando para 1 vez a cada duas semanas, depois 1 vez a cada três semana. Cada corpo reage de uma maneira, então deixa o seu corpo dizer quando precisará repetir o procedimento.

Qual água usar?

Você pode usar a própria água de torneira. O problema que em alguns lugares essa água é pobre, não contém muitos minerais ou pequenas partículas chamadas de eletrólitos. Eles ajudam a corrente elétrica passar pela água e entrar na pele.

Não sabe a procedência da água de sua torneira? Coloque uma colher de chá de bicarbonato de sódio dentro da bandeja de água. Isso ajudará no tratamento da hiperidrose.

Remédio

A doutora Anna Glaser, da Sociedade Internacional de Hiperidrose, recomenda um anticolinérgico para tornar a terapia de iontoforese mais eficaz. Basta esmagar meio comprimido e adicionar na água.

Um anticolinérgico conhecido é o cloridrato de oxibutinina. No Brasil, o medicamento mais conhecido é o Retemic aqui. O óleo de noz moscada aqui também é considerado um anticolinérgico natural.

A quantidade é ajustada de acordo com a eficácia ou efeitos colaterais do paciente, segundo a doutora.

Aparelhos de iontoforese

Nos Estados Unidos, existe uma empresa que vende aparelhos de iontoforese exclusivos para hiperidrose. Inclusive comercializa vários acessórios para diferentes áreas do corpo. Rosto, costas, axilas, cabeça e etc.

Vejam alguns dispositivos!

Devido o alto custo para o Brasil, fica inviável iniciar o tratamento. Somente o aparelho Electro Antiperspirant chega custar quase 3 mil reais, fora os acessórios. O custo é altíssimo para muitos brasileiros.

O que fazer?

Como fazer aparelho de iontoforese

Um artigo (2) divulgou um dispositivo de iontoforese feito por um formando em engenharia de 23 anos com hiperidrose palmoplantar (mãos e pés). Apesar da sua formação, o aparelho é muito simples de fazer. Qualquer pessoa com paciência e atenção, consegue fazer em casa.

Materiais:

  • Bateria de 12 V: Você deve encontrar em lojas de segurança, alarmes, cercas elétricas e etc. Você também pode duas baterias de 9V comuns.
  • Duas bandejas de alumínio: Qualquer loja de utilidades vende.
  • Fios de cobre: Para fazer a ligação.
  • 2 “garfos” ou abraçadeiras, depende de como chama na sua cidade.

Veja essa ilustração de como seria a ligação com a bateria comum. Se for a bateria maior para portão eletrônico, o processo é muito mais simples.

Durante as 4 primeiras semanas, eles ficou por 20 minutos na imersão. Após essas quatro semanas, as próximas 8 semanas seguintes fez uma vez por semana.

O tratamento durou 3 meses e ele teve uma redução significativa do suor nas mãos e nos pés. Nenhum efeito colateral ou adverso foram apresentados durante a iontoforese.

Embora tenham tantos resultados positivos com essa terapia, ela só funcionará em pessoas dispostas a prosseguir o tratamento de maneira constante e correta. Manter a rotina é fundamental para alcançar o efeito desejado.

Dica: Uma boa ideia é combinar os acessórios da Electro Antiperspirant. Como as almoçadas para axilas ou adaptador para o rosto com o aparelho caseiro. Essa não é uma solução ideal, mas uma boa alternativa de fazer iontoforese em outras regiões do corpo com baixo custo.

Post A Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *