fbpx

Minâncora para suor nas axilas funciona?

Suar é algo natural e normal do organismo humano.

Inclusive, é ele quem ajuda a manter a nossa temperatura corporal.

Porém, quando o suor é excessivo e quando também acontece em momentos de repouso ou em ambientes frios, isso pode ser sinal de hiperidrose.

Esta, por sua vez, não é uma condição letal.

No entanto, nem sempre é fácil de conviver com ela.

Devido ao suor excessivo, principalmente nas axilas, nas mãos, nos pés e no rosto, as pessoas que têm hiperidrose já passaram por momentos de constrangimento e desconfortos sociais.

Sendo assim, impacta diretamente na vida dessas pessoas já que mexe tanto com a autoestima quanto com suas relações interpessoais.

Para evitar essas situações desagradáveis, as pessoas que sofrem com a hiperidrose precisam tomar algumas medidas que são fundamentais para melhorar a qualidade de vida.

No entanto, nem sempre essas ações surtem efeito.

Por isso, quem tem essa condição está sempre recorrendo e testando novos produtos para diminuir o suor em determinadas partes do corpo.

Um dos produtos mais procurados para o teste de redução de sudorese é a pomada Minâncora.

Mas será que resolve a questão do suor nas axilas? Se sim, como usar? Se não, o que pode ser feito?

Caso você tenha ficado interessado na leitura, é só seguir com a gente!

Para que serve Minâncora?

A pomada Minâncora é bastante popular.

Além de ser acessível financeiramente para muitas pessoas, ela também é usada, principalmente, para tratar frieiras, assaduras e pequenas queimaduras.

Ela é composta por princípios ativos como óxido de zinco, cloreto de benzalcônio e cânfora.

Por causa desses elementos, ela tem ações antisséptica, antipruriginosa, analgésica, adstringente e cicatrizante.

Geralmente, esse produto é bem tolerado nas pessoas, não causando tantas reações.

Porém, mesmo que os riscos sejam baixos, os efeitos que podem acontecer são: ardência, vermelhidão, coceira, formação de bolhas e descamação da pele.

Por isso, a pomada não é recomendada para quem já tem hipersensibilidade aos componentes da fórmula.

Ademais, também não são indicados para crianças com menos de 2 anos.

A Minâncora também é conhecida por secar espinhas, combater o mau cheiro dos pés e usado como desodorante nas axilas.

Mas será que, de fato, funciona?

Minâncora para suor nas axilas é bom?

Há muito tempo, a Minâncora era utilizada como desodorante nas axilas, pois consegue disfarçar o odor no local.

No entanto, esse conhecimento é baseado no senso comum. Sendo assim, não há nenhuma comprovação cientifica.

Isso quer dizer que a Minâncora não funciona para suor nas axilas? Não.

Inclusive, a pomada pode ajudar algumas pessoas em relação a esse problema justamente por causa do seu efeito secativo e refrescante.

Caso queira testar a eficácia da Minâncora para suor nas axilas para o seu caso de hiperidrose é super válido.

O primeiro passo é ver se há alguma intolerância aos componentes da pomada. Se não tiver, vá em frente.

Para usar esse medicamento é fácil.

  1. Após o banho, seque a região das axilas e aplique uma quantidade pequena no local
  2. Repita esse processo a cada 12 horas, isto é, duas vezes ao dia.

Se você já experimentou e a Minâncora para suor nas axilas e não deu certo, você pode testar outros métodos.

Remédio para suor nas axilas

Um dos remédios para suor nas axilas é a infusão de sálvia.

Esse método não tem embasamento científico, porém, em algumas pessoas, a ingestão regular faz com que o suor em excesso diminua.

Isso porque essa planta tem propriedades antitranspirantes que regula e contribui para o funcionamento adequado das glândulas sudoríparas.

Para testar essa dica é simples: basta fazer o chá de sálvia.

Nesse caso, você vai precisar de:

  • 1 litro de água
  • 50g de sálvia

Também vai precisar seguir esse passo a passo:

  1. Coloque os dois ingredientes em uma panela tampada e leve ao fogo baixo por 15 minutos
  2. Após o cozimento, deixe esfriar e coe
  3. Beba duas xícaras de chá por dia

Além disso, você também pode passar o chá nas regiões afetadas.

Por exemplo, você pode mergulhar seus pés e mãos em um balde com essa solução.

Tratamentos para suor excessivo

Há vários métodos para melhorar a qualidade de vida mesmo sofrendo com a hiperidrose.

O primeiro passo para você ter um tratamento eficiente é procurar um especialista que possa te auxiliar.

Uma das medidas mais conhecidas para diminuir o suor em excesso é o uso de antitranspirantes.

Em muitos casos, só usar esse produto não adianta totalmente o problema.

Sendo assim, o médico especialista pode passar medicamentos que impedem a estimulação das glândulas sudoríparas.

Esse método é eficaz para alguns pacientes, mas não é muito receitado.

Para diminuir a sudorese, há também as opções de aplicação de botox nos locais afetados.

Em casos graves, as cirurgias de simpatectomia torácica ou lombar podem ser boas opções.

Fontes: (1) (2)

Post A Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *