fbpx

Suor excessivo pode estar ligado a depressão e ansiedade

A transpiração é uma resposta necessária ao aumento da temperatura corporal. Ela ajuda a manter o corpo fresco quando o ambiente está muito quente ou se você estiver praticando algum exercício físico.

Mas suar excessivamente – independentemente da temperatura ou do exercício – pode ser um sinal de hiperidrose.

Depressão, ansiedade e suor excessivo às vezes podem ocorrer ao mesmo tempo. Certos tipos de ansiedade podem causar hiperidrose.

Além disso, você pode ter sentimentos de ansiedade ou depressão se a sudorese excessiva interferir significativamente em suas atividades diárias.

Continue lendo para saber mais sobre como eles estão conectados e se é hora de conversar com seu médico sobre seus sintomas.

Transtorno de ansiedade social como causa da hiperidrose

A hiperidrose às vezes é um sintoma secundário do transtorno de ansiedade social.

Na verdade, de acordo com a Sociedade Internacional de Hiperidrose, até 32% por cento das pessoas com ansiedade social sofrem de hiperidrose.

Quando você tem ansiedade social, pode sentir intenso estresse quando está perto de outras pessoas.

Os sentimentos geralmente são piores quando você tem que falar na frente delas ou se está conhecendo novas pessoas. Além disso, você pode evitar chamar a atenção para si mesmo.

A transpiração excessiva é apenas um sintoma do transtorno de ansiedade social. Você também pode:

  • Corar
  • Sentir quentura, especialmente em volta do seu rosto
  • Ficar tonto
  • Ter dores de cabeça
  • Tremer
  • Gaguejar ao falar
  • Ter mãos úmidas
  • Ansiedade com a transpiração excessiva

Quando você está preocupado com a transpiração excessiva, isso pode se manifestar em ansiedade.

Você também pode ter alguns dos sintomas de ansiedade social. O transtorno de ansiedade generalizada (TAG) tem maior probabilidade de se desenvolver como um sintoma secundário de hiperidrose.

TAG não é geralmente uma causa de hiperidrose, mas pode se desenvolver com o tempo quando você se preocupa com a transpiração excessiva.

Você pode ficar preocupado em suar o tempo todo, mesmo nos dias em que não está suando.

As preocupações podem mantê-lo acordado à noite. Elas também podem interferir na sua concentração no trabalho ou na escola.

Em casa, você pode ter problemas para relaxar ou aproveitar o tempo com a família e amigos.

Quando ocorre a depressão

A transpiração excessiva pode levar a uma fobia social. Se você está preocupado com a transpiração durante suas atividades diárias, isso pode fazer com que você desista e fique em casa.

Você pode perder o interesse pelas atividades que antes gostava. Além disso, também pode se sentir culpado por evitá-las. Dessa maneira, pode ficar sem esperança.

Se você tiver algum desses sentimentos por um longo período de tempo, pode estar passando por uma depressão em relação à hiperidrose.

É importante abordar e tratar a transpiração excessiva para que você possa voltar para as pessoas e atividades que ama.

Soluções

A hiperidrose primária (que não é causada por ansiedade ou qualquer outra condição) deve ser diagnosticada por um médico.

Seu médico pode prescrever cremes e antitranspirantes para ajudar a controlar as glândulas sudoríparas.

Como a transpiração excessiva é controlada com o tempo, seus sentimentos de ansiedade e depressão também podem diminuir.

Se a ansiedade e a depressão não desaparecerem com o tratamento para hiperidrose, você também pode precisar de ajuda para essas condições.

Tanto a ansiedade quanto a depressão podem ser tratadas com terapia ou medicamentos como antidepressivos leves.

Por sua vez, esses tratamentos também podem diminuir o estresse que pode piorar a transpiração. Manter-se ativo e sociável entre amigos e familiares também pode melhorar seu humor.

Se você está preocupado com a transpiração que sente com a ansiedade social, terá que tratar a causa subjacente. Terapia comportamental e medicamentos podem ajudar.

Post A Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *