Top 5 chás contra suor excessivo (hiperidrose)

Você gosta de chá? Se sim, qual o seu favorito?

A preparação dessa bebida é por meio da infusão de ervas, folhas, flores e raízes de uma planta.

Existe, assim, uma grande variedade de sabores e aromas.

O chá, apesar de ser, geralmente, feito com água quente, é uma bebida cuja consumação também pode ser fria.

O costume de beber chá tornou-se um evento social em vários países ao redor do mundo sendo que vários instituíram as “tea parties” que, em português, significa “festas do chá”.

Mas, para além desse feito, a bebida milenar chinesa ganhou vários adeptos, especialmente, pelas propriedades medicinais e terapêuticas.

O chá, dessa maneira, é uma opção natural para aliviar dores, para atuar como diurético e, claro, agir como calmante.

Não é à toa que conta-se com um grande estoque de sachê de chás, de diferentes tipos, nas enfermarias das escolas brasileiras.

Então, algumas pessoas, diante desses feitos medicinais, escolhem consumir essa bebida para diminuir a questão do suor excessivo.

Existe, nesse caso, alguém chá para hiperidrose? Qual o melhor?

Hoje, sabendo desses questionamentos, decidimos explorar mais esse assunto. Vamos juntos?

Hiperidrose: o que é e como tratar?

A hiperidrose, apesar de ser pouco conhecida, atinge cerca de 1% a 5% da população.

Esta condição caracteriza-se pelo suor excessivo, como o próprio nome sugere, em várias partes do corpo.

Mas o porquê isso acontece?

A transpiração em grande quantidade se dá pelo hiperfuncionamento das glândulas sudoríparas écrinas.

Estas estão espalhadas pelo corpo, mas, estão predominantemente nas axilas, mãos e nas plantas dos pés.

O aparecimento do suor excessivo nessas regiões acontece, normalmente, em quem tem a hiperidrose primária focal.

Este tipo começa na infância e na adolescência de um indivíduo.

A hiperidrose secundária generalizada, no entanto, ocorre por conta de uma condição médica, geralmente, uma enfermidade, ou como efeito colateral da utilização de determinadas medicações.

Nesse caso, o suor excessivo acomete todas as áreas do corpo ou as mais incomuns.

Essa condição, infelizmente, não apresenta cura.

Entretanto, atualmente, existem formas de tratar que tendem a diminuir o suor excessivo e, consequentemente, melhorar a qualidade do indivíduo.

Essas estratégias, normalmente, são voltadas para:

  • Utilização de desodorantes antitranspirantes
  • Aplicação de toxina botulínica (botox)
  • Prescrição, em alguns casos, da ingestão de medicamentos anticolinérgicos
  • Realização de procedimentos cirúrgicos

Basta procurar o acompanhamento de um médico qualificado no assunto (nesse caso, um dermatologista) para começar o tratamento adequado.

Existe, além desses métodos, cuidados básicos, como a manutenção de uma alimentação saudável, que pode melhorar a hiperidrose.

Diante disso, algumas pessoas procuram incorporar a ingestão de chás para amenizar o suor excessivo.

Suco de Nabo

O suco de Nabo conta, como o próprio nome indica, o nabo.

Este é uma planta herbácea que é rica em vitaminas e minerais tais quais: cálcio, ferro, magnésio, manganês, cobre, potássio e vitaminas do complexo B, como B6 e B9, e vitamina C.

Essa bebida, sendo assim, pode proporcionar importantes e potentes benefícios à nossa saúde.

Isso porque ele apresenta as seguintes propriedades:

  • Antioxidante
  • Anti-inflamatório

Assim, podemos utilizar o nabo para:

  • Fortalecer o sistema imunológico
  • Prevenir e combater inflamações
  • Combater a proliferação de bactérias
  • Precaver doenças degenerativas
  • Atuar contra o envelhecimento precoce

Mas, para além dessas vantagens, o nabo atua como um antitranspirante natural, pois reduz a atividade das glândulas sudoríparas que, por sua vez, são as produtoras do suor.

Como fazer suco de nabo?

A preparação do suco de nabo, para atuar como um tipo de chá para hiperidrose, deve levar em consideração o sumo dessa planta. É preciso, então:

  • Ralar um nabo
  • Colocar o nabo ralado em um pano
  • Espremer até tirar todo o sumo da planta
  • Aplicar o sumo na região do corpo que mais transpira

O consumo do nabo não é recomendado para pessoas que têm doenças agudas no trato digestivo.

Entretanto, indicamos que, para hiperidrose, é necessário a aplicação do suco do nabo na área que transpira muito.

É importante, para isso, saber se há alguma alergia – ou não! – em relação a esse alimento.

Chá de sálvia

A sálvia – ou salva – é uma planta medicinal cujo nome cientifico é Salvia officinalis.

Esta, que pode ser vista acima, aparenta ser um arbusto com folhas com uma textura aveludada e com uma coloração puxada para o cinza, azul, rosa ou branca.

Normalmente, elas nascem no verão.

Essa planta é medicinal e rica em vitaminas do complexto A, B, C, E e K bem como minerais, como magnésio, cálcio, ferro, cobre e outros.

A sálvia, além disso, também é uma fonte de ácido fólico e fibras. Diante disso, costuma ser essencial para tratar:

  • Problemas gastrointestinais
  • Inflamações na faringe, lesões da pele e na mucosa da boca
  • Falta de apetite

Esses benefícios podem ser aproveitados, pois a sálvia apresenta as seguintes propriedades:

  • Estimulante
  • Antimicrobiana
  • Anti-inflamatória
  • Cicatrizante

Essa planta, além desses efeitos, também conta com uma propriedade bem importante: a anti-sudorífica, pois impede e regula a produção excessiva de suor.

Como fazer chá de sálvia?

Como fazer chá de sálvia é fácil e prático. Você vai precisar de:

  • 1 colher (sopa) de folhas de sálvia
  • 1 xícara de água fervente

Siga o passo a passo:

  • Coloque a xícara de água fervente sobre as folhas e deixe em infusão por cerca de 5 a 10 minutos
  • Após esse tempo, coe

É preciso seguir a quantidade exata que descrevemos acima para não causar possíveis efeitos colaterais.

Isso porque, segundo o site Tua Saúde, o excesso do chá de sálvia pode gerar sensação de calor, enjoo, aumento dos batimentos e cardíacos e espasmos epiléticos.

Por isso, não recomenda-se sálvia para pessoas com:

  • Hipersensibilidade com essa planta
  • Mulheres grávidas e em processo de amamentação
  • Epilepsia

Chá de capim-limão

O capim-limão – capim-santo, capim-cidreira ou capim-cheiroso – é o ingrediente principal do chá de capim-limão.

Esta erva tem fins culinário, já que pode atuar como tempero, medicinais e terapêuticos.

Isso porque ela é rica em compostos bioativos, vitaminas do complexo A e C, ácido fólico e minerais, como cálcio, ferro e outros.

O capim-limão, diante disso, apresenta propriedades bem importantes e essenciais à saúde do nosso organismo. As principais são:

  • Antioxidante
  • Ansiolítica
  • Analgésica
  • Antidepressiva
  • Antisséptica
  • Antimicrobiana
  • Antibacteriana
  • Calmante
  • Diurética
  • Estimulante
  • Expectorante
  • Relaxante

Devido a esses efeitos, pode-se usar o capim-limão para:

  • Alivio de dores leves (cólica, dores de cabeça e musculares) e de dores reumáticas
  • Ajuda a dormir e no tratamento a insônia
  • Prevenção de controles epiléticos
  • Tratamento da ansiedade e depressão
  • Fortalece o sistema imunológico
  • Combate à oleosidade do rosto e, consequentemente, cravos e espinhas
  • Retenção de líquidos
  • Contribui no combate e no tratamento de infecções bacterianas
  • Atua como repelente natural
  • Auxilia na manutenção dos níveis regulares de insulina
  • Previne e trata determinados tipos de câncer

Para além desses benefícios, também podemos usar o capim-limão como um desodorante natural.

As propriedades antimicrobiana e antibacteriana podem auxiliar no controle do suor excessivo e inibir a presença de agentes (bactérias e micro-organismos) que causam mau cheiro.

Como fazer chá de capim-limão?

O processo de como fazer chá de capim-limão é rápido e prático.

Para facilitar ainda mais, separe os seguintes ingredientes que utiliza-se para a preparação dessa bebida:

  • 1 colher (sopa) de folhas frescas picadas de capim-limão
  • Água fervente

Siga o passo a passo:

  • Em uma xícara, coloque 1 colher (sopa) de folhas frescas picadas da erva capim-limão e cubra-as com água fervente
  • Tampe a xícara e deixe as folhas descansarem por cerca de 5 a 10 minutos
  • Após esse tempo, coe e beba em seguida

De acordo com o site Tua Saúde, o chá de capim-limão não é recomendado para mulheres grávidas ou amamentando.

Além desses grupos, pessoas que fazem uso de medicamentos com efeito calmante e/ou remédios para pressão arterial devem consultar um médico para ingerir essa bebida.

O chá de capim-limão, no mais, pode gerar alguns efeitos colaterais. Os principais são:

  • Tontura
  • Sono
  • Enjoo
  • Boca seca
  • Fraqueza
  • Pressão baixa

Chá de noz-moscada

A noz-moscada é uma especiaria proveniente das sementes da Myristica fragrans.

Esta, por sua vez, é uma planta nativa da região da Indonésia.

Além de um sabor que chama atenção e, portanto, passível na preparação de sobremesas, pratos principais e bebidas, a noz-moscada também é benéfica para a saúde do nosso corpo.

Isso porque essa especiaria é composta, principalmente, por nutrientes, minerais e vitaminas do complexo A e C.

A noz-moscada, sendo assim, é:

  • Antioxidante
  • Anti-inflamatória
  • Antibacteriana
  • Calmante

Devido a essas propriedades, podemos utilizar essa especiaria para:

  • Amenizar o cansaço mental
  • Estresse e fagia
  • Melhorar a capacidade de concentração
  • Prevenção e combate de cáries e doenças bucais
  • Reduzir colesterol e triglicerídeos
  • Atuar na melhoria do sistema digestivo
  • Auxiliar o bom funcionamento de fígado e rins
  • Atenuar sintomas de insônia e ansiedade

Chá de noz-moscada para ansiedade

A hiperidrose é comumente associada à ansiedade, pois, durante momentos mais estressantes, geralmente, transpiramos mais.

A noz-moscada, diante disso, pode atuar na melhoria de sintomas de ansiedade e, claro, para reduzir a transpiração já que tem efeito anticolinérgico.

Uma opção válida é a feitura do chá de noz-moscada para ansiedade e hiperidrose. Para isso, siga o passo a passo:

  • Coloque meia colher (sopa) de noz-moscada em pó ou ralada na hora para cada um litro de água fervente
  • Após fazer isso, tampe por 10 minutos
  • Depois desse tempo, coe a bebida

Você pode consumir uma xícara de chá de noz-moscada para ansiedade e suor excessivo por dia antes de dormir.

Não indicamos essa bebida para pessoas idosas e mulheres grávidas.

Ah, não esqueça de ficar atento aos possíveis efeitos colaterais que são: boca seca, retenção de líquido, falta de paladar, visão turva e palpitações.

Esses riscos, geralmente, acontecem quando há excesso de chá de noz-moscada no organismo.

Vinagre de maçã

O vinagre de maçã – vinagre de cidra – é um líquido feito de suor de maçã fermentado.

Este, por sua vez, é comumente utilizado na preparação de molhos para saladas, vinagretes e para conservar alimentos e pode ser incorporado, sem excesso, no dia a dia do brasileiro.

Isso porque essa substância apresenta propriedades bem importantes que fazem a diferença na manutenção da nossa saúde. As principais são:

  • Antioxidante
  • Anti-inflamatória
  • Antimicrobiana

Devido a esses efeitos, segundo o site Tua Saúde, o vinagre de maçã pode:

  • Tratar o refluxo gastresofágico
  • Combater a acne
  • Retardar o envelhecimento da pele
  • Reduzir o aparecimento e desenvolvimento de bactérias e fungos
  • Proteger o fígado e o coração
  • Melhorar a digestão
  • Ajudar a controlar a diabetes e o processo de emagrecimento

Como usar vinagre de maçã para suor excessivo?

Além disso, o vinagre de maçã pode funcionar como desodorante natural e, assim, contribuir na redução e na neutralização do suor excessivo bem como no mau cheiro em determinadas partes do corpo.

Para isso, você precisa de:

  • 10g de tomilho
  • 10g de alecrim
  • 250 de água
  • 125ml de vinagre de maçã

Siga o passo a passo:

  • Ferva o tomilho e o alecrim com água por cerca de 15 minutos
  • Após esse tempo, coe a infusão
  • Misture com o vinagre de maçã
  • Com uma gaze ou algodão, aplique o “chá” de vinagre de maçã nas axilas e mãos

Não recomendamos o uso do vinagre de maçã para quem tem hipersensibilidade e/ou alergia a substância.

E aí, gostou do nosso post?

Já experimentou algum chá para hiperidrose?

Facebook
Twitter
Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.