Tudo sobre rubor facial e suor excessivo!

Você já ouviu falar na expressão “vermelho de vergonha”?

Embora geralmente seja usada em um contexto cômico, para muitas pessoas o rubor facial não tem nada de engraçado.

O rubor facial pode causar bastante constrangimento, principalmente para quem não gosta de chamar atenção.

Além disso, ele também costuma ser acompanhado do suor excessivo, outro grande problema.

Pensando nisso, então, hoje vamos tratar sobre esses assuntos e a relação entre eles.

Quer ficar por dentro desse conteúdo? É fácil: basta acompanhar e ler esse artigo até o fim!

Remédio caseiro para acabar com o suor do rosto

Tudo que você precisa saber sobre rubor na face

Rubor na face: o que é?

Embora a região da face seja a mais afetada pelo rubor facial, outras áreas corporais também podem ficar avermelhadas rapidamente.

Nesse caso, as partes do tronco, na parte superior do corpo, também podem apresentar uma vermelhidão na pele.

O problema do rubor na face pode parecer inofensivo, mas essa vermelhidão em determinadas partes do corpo especialmente na parte superior pode vir acompanhado de outros sintomas.

Nesse caso, os principais sinais físicos que podem fazer parte do rubor na face são:

  • Úlcera pépticas
  • Diarreia
  • Hipotensão
  • Urticária
  • Broncoespasmo
  • Sudorese excessiva

Mas quais são, de fato, as causas do rubor na face?

Quais são as principais causas do rubor na face?

O rubor na face acontece devido ao aumento do fluxo sanguíneo em determinadas partes do corpo. Essa maior dilatação é proveniente de:

  • Prática de exercícios físicos
  • Calor
  • Menopausa
  • Reação medicamentosa
  • Ingestão de álcool

Além desses motivos, algumas doenças, como rosácea e lúpus, podem causar o rubor na face.

No entanto, fatores psicológicos, como estresse e ansiedade, chamam atenção, já que também podem causar a vermelhidão súbita da pele, seja no rosto, na orelha e/ou no pescoço.

Como é uma questão que pode ser decorrente de outros problemas, inclusive mais sérios e danosos, as pessoas com rubor na face devem procurar uma consulta com um médico.

Assim, o profissional pode diagnosticar o que, de fato, causa o rubor na face e como tratar.

Como tratar o rubor na face?

Apesar de ser um tabu para algumas pessoas, o rubor na face tem tratamento e cura.

Nesse caso, a consulta com um profissional é fundamental para que o médico faça exames clínicos que ajudem no diagnóstico.

A partir disso, o tratamento poderá ser pensado e prescrito.

Isso porque o rubor na face, embora pareça inofensivo, pode ser decorrente de problemas mais sérios, como já citamos.

Assim, o tratamento é direcionado ao problema principal já que o rubor na face é mais um sintoma. Por isso, conheça as opções convencionais de tratamento:

Remédios para rubor na face

Os remédios ideais para amenizar e, consequentemente, tratar o rubor na face serão prescritos por um médico.

Nesse caso, os medicamentos ansiolíticos e beta-bloqueadores podem ser os que, de fato, solucionam a questão da vermelhidão súbita da pele e outros sintomas, como suor.

Além destes, medicamentos que atuam como repositores hormonais também podem ser prescritos.

Isso, claro, se o problema do rubor na face for uma problemática da menopausa.

Cirurgia para rubor na face

A cirurgia para rubor na face também pode ser uma opção.

Apesar de mais invasiva que o uso de medicamentos, esse método pode, sim, gerar resultados mais positivos e duradouros.

Isso, claro, se comparado com a ingestão de remédios que, por sua vez, podem não funcionar.

No caso do procedimento cirúrgico, a simpatectomia para rubor na face é a ideal.

Essa cirurgia consiste na retirada dos gânglios nervosos simpáticos que são os responsáveis por controlar as ações involuntárias, como a vermelhidão na pele e o suor.

Embora existam dois tipos de simpatectomia, a torácica é a mais recomendada, já que os gânglios retirados são os do tórax.

Assim, o rubor na face, nas orelhas e no pescoço não acontecem mais. No entanto, para a cirurgia ser bem sucedida, é preciso ter cuidados antes e depois dela.

Cirurgias para hiperidrose

Psicoterapia para rubor na face

A psicoterapia pode ser a solução para o rubor na face principalmente quando ela está diretamente associada à questão do estresse e ansiedade.

Isso porque a vermelhidão na pele pode ser um sintoma de transtornos psicológicos que precisam ser tratados.

Agora que você já sabe que a ansiedade e rubor estão atrelados, precisamos ressaltar que o suor excessivo também pode ser um sinal físico da ansiedade e/ou do estresse.

Esse, claro, é só mais um motivo para associarmos o rubor e hiperidrose.

Rubor e hiperidrose: existe alguma relação?

A hiperidrose é um quadro clínico que caracteriza-se pelo suor excessivo em determinadas partes do corpo, como mãos, pés, axilas e cabeça.

Tal condição acontece por conta do hiperfuncionamento das glândulas sudoríparas que têm causas desconhecidas, até então.

Lidar com a hiperidrose pode ser bem desgastante, já que muitas pessoas desconhecem esse problema.

Além do tabu e da falta de informação, quem tem suor excessivo pode passar por situações constrangedoras e complicadas, bem como acompanhada do rubor na face, que chama atenção.

Por se tratar de uma doença bastante misteriosa, ainda não é possível dizer qual é a real relação entre a hiperidrose e o rubor facial.

No entanto, é seguro afirmar que essas duas condições frequentemente andam juntas.

Além disso, em muitos casos a o suor excessivo e o rubor facial também podem estar relacionadas pois muitas pessoas que sofrem com a hiperidrose também sofrem com problemas psicológicos, que muitas vezes são também a causa do suor excessivo.

Por fim, o tratamento do rubor facial, seja com uso de medicamentos, psicoterapia e/ou cirurgia, também pode amenizar a questão do suor excessivo.

Fiz simpatectomia e continuo suando: vale a pena fazer a reversão da cirurgia?

Gostou do nosso artigo?

Você sofre com rubor na face?

Se sim, já notou se sofre com o suor excessivo?

O que faz para tratar esses problemas?

Facebook
Twitter
Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.